Instituto da Pele - Home

dúvidas

1. Posso fazer limpeza de pele se minhas espinhas estão muito inflamadas, doloridas e endurecidas?

Nestes casos, é importante que se faça um tratamento com medicação local ou sistêmica, indicado pelo médico. Após melhora da inflamação, pode-se fazer limpeza de pele, de preferência a limpeza fotônica, que tem ação calmante e bactericida.

2. Limpeza de pele é tudo igual?

Não. No Instituto existem quatro tipos de limpeza de pele: 1) a convencional 2) a intensa 3) a fotônica 4) e a mais completa de todas: a intensa fotônica. Cada tipo de limpeza tem sua característica e indicação, por isso é importante realizar a avaliação preliminar. Também é importante salientar que realizar uma limpeza de pele caseira não é o mesmo que fazer uma limpeza profissional no Instituto.

3. Os tratamentos para rejuvenescimento só podem ser feitos depois que as rugas, manchas e flacidez já apareceram?

De maneira alguma. Os tratamentos existem tanto para tratar como para prevenir os efeitos do envelhecimento. Alguns cuidados simples são essenciais no processo de prevenção, dentre os quais: utilizar filtros solares adequados, evitar a exposição solar excessiva, a poluição e o fumo e manter uma boa alimentação. Mas em se tratando de tratamentos estéticos são inúmeros os que podem prevenir o envelhecimento precoce e muitos podem ser realizados em pessoas super jovens, antes mesmo que os sinais do tempo comecem a aparecer. Além de que, é sempre mais fácil prevenir a tratar.

4. BOTOX® é tudo igual?

Não, Botox® é uma toxina botulínica com marca registrada pela empresa Allergan, pioneira, confiável e consagrada. Existem várias outras toxinas no mercado, algumas nem sequer possuem registro na Anvisa. Botox® possui a menor antigenicidade, ou seja, a duração do seu efeito é maior e aplicando o produto pela segunda vez tem maior eficácia comparada a outras toxinas do mercado. Sempre se informe sobre qual produto será utilizado.

5. Existe algum creme ou procedimento com o mesmo efeito do Botox®?

O Botox® precisa agir diretamente no músculo e para tal precisa ser injetado. Isso não é possível com nenhum creme, tampouco com outro procedimento. Ou seja, nada tem efeito comparável ao Botox® em se tratando de rugas de expressão.

6. Botox® deixa a boca grande ou a pele esticada?

Não. As pessoas costumam confundir Botox® com preenchimentos. O Botox® não tem função de dar volume a uma área, mas sim de relaxar a musculatura. E mesmo usando preenchedores, o lábio só terá um grande aumento se for vontade do paciente, caso contrário o resultado fica muito natural. Quanto a esticar a pele, este é um efeito do lifting (cirugia plástica) e não do Botox®.

7. Após 6 meses de aplicação do Botox®, as rugas ficam piores do que eram antes?

Não. O Botox® não perde seu efeito exatamente com seis meses. Ele começa a ter seu efeito diminuído antes dos seis meses até chegar ao sexto mês com aspecto próximo ao que era antes. A grande vantagem é a prevenção da piora ou do aparecimento de novas rugas.

8. Tenho menos de 30 anos, sou muito novo(a) pra fazer BOTOX®?

O ideal é começar o uso preventivo assim que comecem a salientar as rugas de expressão. Estudos comprovam sua segurança a partir dos 12 anos de idade, mas obviamente não existe indicação de uso estético nesta idade. No Instituto, clientes de 20 até 85 anos fazem uso.